• Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • RSS ícone social

NM&TD ADVOGADOS

BLOG

Tribunal de Justiça cassa decisão que soltou Roger Abdelmassih



O ex-médico Roger Abdelmassih, de 74 anos, vai voltar à penitenciária de Tremembé (SP) já que, na sexta-feira (30), o Tribunal de Justiça acolheu o pedido do Ministério Público e determinou que ele volte a cumprir a pena na prisão.

Abdelmassih cumpria pena em regime domiciliar no local havia uma semana, desde que a Justiça lhe concedeu o benefício devido a problemas de saúde.

Roger Abdelmassih foi levado pelos policiais até o Departamento de Capturas e Delegacias Especializadas (Decade), no Centro da capital. No caminho, ele passou mal. De lá, seguiu para o Instituto Médico-Legal (IML), onde passou por um exame de corpo de delito. Por volta das 11h ele saiu do IML e foi encaminhado para a P2 de Tremembé. Conforme apurou a TV Globo, ele deve fazer o trajeto em uma ambulância contratada pela família.

Logo após o ex-médico sair do apartamento onde estava, seu advogado, Antonio Celso Fraga, disse que vai entrar com um habeas corpus ainda neste sábado. "Considero certa a soltura do doutor Roger. Não há risco de evasão, embora tenha tido um incidente no passado”, disse, referindo-se à fuga do ex-médico para o Paraguai, em 2011.

O ex-médico foi condenado a 181 anos de prisão por 48 estupros de 37 pacientes, mas sofre de complicações cardíaca e pulmonar. A progressão de regime foi concedida no último dia 21, porém Abdelmassih não foi imediatamente para casa porque terminava um tratamento no Hospital São Lucas, em Taubaté. Ele chegou à casa da mulher apenas na madrugada do sábado passado (24).

#RogerAddelmassih #revogação #TJSP #MP #Estupro

1 visualização
old-go-top.png